Colégio Moderno

Carta aberta pedindo mais segurança nas imediações dos Colégios.

Carta aberta pedindo mais segurança nas imediações dos Colégios.

Ilm.ºs Senhores Pais e/ou Responsáveis,

   Por meio desta carta, o Conselho Diretor do Colégio Moderno, profundamente consternado com o assalto ocorrido nas imediações do Colégio na manhã desta terça-feira, 07 de junho, vem junto à comunidade Modernista expressar sua solidariedade às famílias de alunos que tiveram seus colaboradores envolvidos nesse lamentável episódio. Externamos, aqui, nossa preocupação com segurança pública em Belém e com as providências a serem tomadas, para que outros casos como o de ANTÔNIO MENEDES, baleado ao dar voz de prisão ao assaltante, não volte a acontecer. Desejamos a ele uma recuperação rápida e tranquila, a fim de que possa superar este trágico episódio de violência, retornando ao convívio de seus familiares o mais breve possível.

   Ressalta-se que, nas dependências internas da escola, a integridade física dos alunos, pais e funcionários em nenhum momento foi ameaçada e o colégio tomou todas as providências possíveis para garantir a segurança de todos.

   Mesmo considerando as dificuldades inerentes à segurança da população, acreditamos que o poder público precisa, sempre, envidar todos os esforços à sua disposição e de forma rápida, para que o que aconteceu com o colaborador do pai de um de nossos alunos não se repita. Queremos aproveitar essa triste ocorrência para clamar às autoridades competentes de Segurança Pública do Estado e do Município para disponibilizar patrulhamento ostensivo, principalmente em horário de entrada e saída dos colégios, garantindo assim maior segurança a toda comunidade estudantil.

   Neste sentido, queremos também ouvir quais são as medidas que serão adotadas por parte da Prefeitura e de suas secretarias, para dar mais segurança aos jovens, aos estudantes e ao povo que paga, regularmente, todos os impostos e cumprem a sua função na sociedade.

   Estamos assustados, com medo, sentimo-nos mais inseguros, a cada dia que passa. Temos a impressão de não podermos andar livremente pela cidade! Não sabemos se, ao sair, vamos voltar para casa, vivos, ou se vamos encontrar nossas famílias ao final do dia!

   Esperamos que, casos como esses, possam ser evitados e que a violência possa ser combatida com ações concretas, sistemáticas, a curto, médio e longo prazo, envolvendo um processo contínuo de diálogo com a sociedade, objetivando o bem estar da população.

Atte.

 

Sociedade Colégio Moderno